Conheça a origem do factoring mercantil e como funciona fora do Brasil?

Conheça a origem do factoring mercantil e como funciona fora do Brasil?

elementos do factoring mercantil

26 jan Conheça a origem do factoring mercantil e como funciona fora do Brasil?

Identificar as origens históricas de qualquer conceito é um pressuposto essencial para que sejam realizadas análises aprofundadas de seu conteúdo. Este conhecimento permite a você tirar conclusões extremamente importantes para as ações de melhoria, soluções e projeções futuras.

Com o factoring acontece o mesmo; por isso da importância de se traçar um perfil histórico desta atividade. Através deste artigo, conheça a origem do factoring mercantil e como essa atividade funciona fora do Brasil. Confira!

Histórico do factoring

As atividades de factoring tem sua origem na Europa nos séculos XIV e XV. Nessa época o factor era um agente mercantil que tinha como responsabilidade vender mercadorias a terceiros e para isso recebia uma comissão.

Os factores eram representantes de exportadores que tinham vasto conhecimento das novas colônias e custodiavam as mercadorias para depois prestarem contas aos seus proprietários. Com o passar do tempo estes representantes decidiram fazer a antecipação do pagamento das mercadorias aos seus fornecedores passando a cobrar, mais tarde, de seus compradores.

É certo afirmar que alguns elementos do factoring mercantil tem sua origem nas primeiras fórmulas de gestão comercial que existia ainda entre os fenícios, caldeus, babilônios, gregos, romanos e etruscos. Contudo, estes elementos foram sofrendo uma série de alterações até o ponto em que assumiram as características ligadas aos elementos do factoring no seu arranjo moderno.

Atualmente, além dos Estados Unidos, as negociações de factoring são bastante praticadas e difundidas na Espanha, Suécia, Bélgica, Noruega, Holanda, Itália, França e Inglaterra. Dentre os países da América Latina em que esta atividade se encontra em expansão estão Peru, Colômbia, Equador e o Brasil.

O factoring no Brasil

A introdução do factoring mercantil no Brasil é tida como um meio de atender às pequenas e médias empresas na obtenção de capital de giro. Em solo brasileiro o factoring foi estudado inicialmente por 1972 por Fábio Konder Parato que, em seu artigo, propunha a expressão “faturização” para eleger o novo instituto no Direito Brasileiro. Contudo, somente na década de 80 as operações de factoring começaram a serem praticadas de fato no Brasil, época em que institucionalizado com a criação da ANFAC (Associação Nacional de Fomento Comercial) em 1982.

Assim, o factoring é uma atividade comercial e serve para designar prestações de serviços à compra de ativos financeiros. Esta operação é um mecanismo de fomento mercantil que permite à organização fomentada vender seus créditos que foram gerados pelas vendas a prazo a uma empresa de factoring.

O resultado deste processo é o recebimento desses créditos futuros, o que resulta em maior poder de negociação. Outra vantagem do factoring mercantil é que esta atividade possibilita ao empresário ter mais tempo e recursos para produzir e vender seus produtos/serviços.

Pode-se concluir então que a finalidade principal dos estabelecimentos de factoring é o fomento mercantil, assessorar, fomentar, auxiliar as pequenas e médias empresas a solucionar seus problemas rotineiros.

Factoring – como funciona fora do Brasil

Analisando a relação entre as factorings brasileiras e as internacionais, é correto afirmar que existe pouca ligação entre elas. A atividade de factoring fora do Brasil é muito reduzida para a dimensão da economia do país.

  • As empresas de factoring mercantil fora do Brasil tendem a ter enorme dimensão, geralmente controladas por instituições bancárias, enquanto que em terras brasileiras existe uma maior pulverização do mercado com um considerável número de pequenas empresas.
  • Na maioria dos países fora do Brasil, as trocas mercantis são realizadas por pagamentos em conta e não suportadas por títulos.
  • Ademais, fora do Brasil, as factorings mercantis obtém sucesso pela prestação de serviço complementar como cobertura e análise de risco e gestão de cobranças.

Apesar dessas diferenças as perspectivas para o factoring mercantil no Brasil são boas. Quanto a essa atividade, cada país tem suas peculiaridades.

Agora que você sabe mais sobre a origem do factoring mercantil e como funciona fora do Brasil é possível que você tenha compreendido melhor a necessidade desta importante atividade para sua organização.

Resta alguma dúvida? Registre nos comentários!

Até a próxima!

Nenhum Comentário

Postar um comentário